Notícias
Taxa de juro do crédito à habitação volta a cair | 25 de Setembro de 2013 12:38:19
A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se, em Agosto, em 1,407%, diminuindo 0,006 pontos percentuais (p.p.) comparativamente com a taxa observada no mês anterior.

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se, em Agosto, em 1,407%, diminuindo 0,006 pontos percentuais (p.p.) comparativamente com a taxa observada no mês anterior. Pelo terceiro mês consecutivo, a prestação média vencida para a globalidade dos contratos manteve-se em 258 euros.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE) nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro implícita foi 3,022%, o que representou uma diminuição de 0,004 p.p. comparativamente com a taxa registada no mês anterior.

Na verdade, a taxa de juro implícita no crédito à habitação manteve a tendência decrescente, passando de 1,413%, em Julho, para 1,404% em Agosto (novo mínimo da série iniciada em Janeiro de 2009). A diminuição acumulada desde Dezembro de 2011, mês da última inflexão da série, foi 1,307 p.p..

Nos contratos para Aquisição de Habitação, a taxa de juro fixou-se em 1,422%, em Agosto, tendo diminuído 0,008 p.p. face à taxa observada no mês anterior.

Para os contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita desceu 0,004 p.p. em comparação com Julho, fixando-se em 3,022% em Agosto. Nos contratos relativos a Aquisição de Habitação, a taxa de juro implícita fixou-se em 2,989% em agosto (2,996% no mês anterior).

 

 



ENVIAR NOTÍCIA

O seu nome *


Email do seu amigo *




Maxitrevo - Mediação Imobiliária Unipessoal, Lda. - AMI 5789